Rua Marechal Floriano, 797 - Centro - 87130-000 - Paraná - IVATUBA

Sade

Ivatuba recebe m?dica cubana, saiba mais

Quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Última Modificação: // | Visualizada 779 vezes


Ouvir matéria

Recém lançado pelo Governo Federal, o "Programa Mais Médicos" faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e investimentos em infra-estrutura dos hospitais e unidades de saúde do Brasil. Tendo em vista a necessidade da expansão do atendimento médico, a Secretaria Municipal de Saúde solicitou a vinda de um profissional para melhor atender nossa população.
Após meses de espera, recebemos Marlenis Beltran Milan, de 45 anos, que tem residência e família na cidade cubana de Jesús Menéndez. Ela é uma dos mais de 15 mil profissionais da saúde que deverão atuar nas cidades brasileiras contempladas pelo programa, nos próximos anos.
A Clínica Geral conta que onde mora, há muitos médicos – cerca de 300, em uma cidade com aproximadamente 5 mil habitantes -, devido aos fortes investimentos em educação realizado pelo governo cubano. "Recebi o convite de vir ao Brasil com alegria, pois estou disposta a trabalhar pelas pessoas!" afirma Marlenis, que já viveu na África por três anos executando trabalho voluntário pela Organização das Nações Unidas (ONU).
O "Mais Médicos" visa atrair profissionais brasileiros e estrangeiros para regiões carentes e cria residência obrigatória no SUS. Também investe nas estruturas físicas dos estabelecimentos de saúde dos municípios que realmente precisam, sem esquecer de investir nos cursos de medicina espalhados pelo Brasil.
Sobre a recepção no país, a doutora que possui 21 anos de experiência profissional, conta: "Tivemos uma boa recepção em Brasília. Após chegarmos, aprendemos bastante a língua portuguesa e doenças típicas desse país/estado, também fizemos uma difícil avaliação abordando nossos conhecimentos".
Quando falamos em Ivatuba, Marlenis dá um sorriso carinhoso: "Fui bem recebida pelo Dr. Robson e sua família, gostei muito da cidade, é realmente bonita". Quase ao fim da entrevista, questionamos sobre as críticas que surgirão de algumas pessoas, ela responde: "Enfrentarei as críticas com muito amor, pois o médico só tem um partido: a saúde."
Logo no início do próximo ano, Marlenis deve iniciar seu trabalho na Unidade Básica de Saúde, provavelmente atendendo na parte da manhã e realizando visitas domiciliares.

 Galeria de Fotos

 Veja Também